Página inicialComunicaçãoNotíciasFórum Intersindical de Bento Gonçalves mobiliza contra as reformas previdenciária e trabalhista

16/03/2017

Fórum Intersindical de Bento Gonçalves mobiliza contra as reformas previdenciária e trabalhista

        

       A mobilização da classe trabalhadora contra as reformas Previdenciária e Trabalhista, propostas pelo Governo Federal, toma forma de modo intenso em Bento Gonçalves neste mês. Engajados em uma série de atividades lideradas pelo Fórum Intersindical, representantes de diversas categorias devem participar de ações de protesto, conscientização e sensibilização a partir dos próximos dias.

       Unidos, os sindicatos integrantes do movimento (STIMMME-BG, SEC-BG, SITRACOM BG, STIALIM, SINDISERP e CEPERS) planejam uma grande panfletagem para o dia 25 de março. No centro da cidade, as lideranças farão a distribuição de material informativo, alertando para os prejuízos da PEC-287, que altera os critérios para concessão de benefícios como a aposentadoria, entre outras mudanças contrárias aos direitos trabalhistas. “Estamos severamente preocupados com a possibilidade de aprovação dessa proposta, que é danosa para todos os cidadãos. As maiores prejudicadas, no entanto, serão as mulheres que terão aumento de 10 anos para se aposentar. No caso delas, a idade mínima passará de 55 para 65 anos. Não podemos aceitar passivamente essa agressão”, avalia o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Bento Gonçalves, Elvio de Lima. O STIMMME-BG também realiza ações de conscientização no próximo dia 18, durante a Festa do Dia da Mulher.

Convocação para audiência pública

     O Fórum Sindical também trabalha na convocação para que os profissionais participem de uma audiência pública no dia 07 de abril, às 19h, na Câmara de Vereadores de Bento Gonçalves. O encontro já tem confirmada a participação de representantes da OAB: os advogados estabelecerão um comparativo entre as normas atuais e o que muda com as mudanças propostas nas reformas previdenciária e trabalhista. O objetivo é mostrar aos profissionais o impacto negativo que a emenda constitucional terá em suas vidas e no futuro das próximas gerações – incentivando a pressão para que os Deputados Federais votem de forma contrária às medidas.

       A agenda de atividades foi definida durante uma reunião realizada no dia 07 de março, envolvendo representantes dos sindicatos integrantes do Fórum Sindical de Bento Gonçalves. “Estamos participando de ações em todo o Estado, intercedendo junto aos Deputados para que votem contra as reformas. Entendemos que, nesse momento, é importante mobilizarmos toda a comunidade: sociedade, entidades, representações sindicais e associações de bairros para que participem desses encontros e possam tirar suas dúvidas em relação as mudanças propostas”, disse o presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Bento Gonçalves, Itagiba Lopes.